biologia da construção | IBN

O Institut fur Baubiologie + Oekologie como o próprio nome diz trabalha com a Biologia da Construção e Ecologia. O site é bem interessante, a maior parte das informações está em alemão mas tem bastante coisa também em inglês e francês. Mas afinal o que realmente significa Biologia da Construção, coloco abaixo os 25 princípios elaborarados pelo instituto que existe desde 1983.

Os 25 princípios de Baubiologie :: Biologia da Construção

1. Implantar edifícios no terreno sem pertubações naturais ou construídas pelo homem.
2. Residências afastados de fontes de emissões e ruído.
3. Urbanizações de baixa densidada com área verde suficiente.
4. Assentamentos urbanos residenciais personalizados, naturais, humanas e orientada para a família e o ser humano.
5. Construir sem sobrecarregar o meio social.
6. Materiais de construção naturais e não adulterados
7. Regulação natural da umidade do ar através da materiais adequados.
8. Baixo índice de umidade total de um edifício novo que seque rapidamente.
9. Balanço equilibrado entre a isolação térmica e a retenção do calor.
10. Temperaturas ótimas do ar e de superfícies.
11. Boa qualidade do ar interno através de ventilação natural.
12. Sistema de aquecimento baseado em calor radiante.
13. Condições naturais de luz, cor e iluminação.
14. Proporcionar a menor radiação possível dentro do equilíbrio natural.
15. Não exposição às radiações electromagnéticas e radiofreqüência provenientes de construções ou equipamentos fabricados pelo homem.
16. Materiais de construção com baixos níveis de radioactividade.
17. Orientação do homem protegida de ruído e vibrações.
18. Odor agradável ou neutro, sem compostos orgânicos voláteis e toxinas.
19. Redução de fungos, bactérias, poeira e alérgenos para o menor nível possível.
20. Melhor qualidade de água potável possível.
21. Não causar problemas ambientais.
22. Minimizar o consumo de energia e utilizar energias renováveis sempre que possível.
23. Materiais de construção locais de preferência da região, sem promover a exploração de recursos escassos e perigosos.
24. Aplicar estudos fisiológicos e ergonômicos ao design de interiores e mobiliário.
25. Considerar medidas harmônicas, proporções e formas.

The 25 Principles of "Baubiologie" (Building Biology)
Building site without natural and human-made disturbances . 1
Residential homes away from sources of emissions and noise . 2
Low-density housing with sufficient green space . 3
Personalized, natural, human- and family-oriented housing and settlements . 4
Building without causing social burdens . 5
Natural and unadulterated building materials . 6
Natural regulation of indoor air humidity through humidity-buffering materials . 7
Low total moisture content of a new building that dries out quickly . 8
Well-balanced ratio between thermal insulation and heat retention . 9
Optimal air and surface temperatures . 10
Good indoor air quality through natural ventilation . 11
Heating system based on radiant heat . 12
Natural conditions of light, lighting and color . 13
Changing the natural balance of background radiation as little as possible . 14
Without human-made electromagnetic and radiofrequency radiation exposure . 15
Building materials with low radioactivity levels . 16
Human-oriented noise and vibration protection . 17
With a pleasant or neutral smell and without outgassing toxins . 18
Reduction of fungi, bacteria, dust and allergens as low as possible . 19
Best possible drinking water quality . 20
Causing no environmental problems . 21
Minimizing energy consumption and utilizing as much renewable energy as possible . 22
Building materials preferably from the local region without promoting exploitation of scarce and hazardous resources . 23
Application of physiological and ergonomic findings to interior and furniture design . 24
Consideration of harmonic measures, proportions and shapes . 25