praça victor civita. espaço aberto da sustentabilidade




O projeto é de 2009 e para quem não conhece vale a pena dar um pulo até lá, fica na rua Sumidouro ao lado do prédio da editora Abril em São Paulo, Brasil. É bastante interessante ver como um espaço condenado pela contaminação do antigo incinerador de Pinheiros foi viabilizado para utilização pública. Toda a área da praça recebeu uma camada de 50 cm de terra para evitar o contato da contaminação das cinzas enterradas que atingem o solo e a água subterrânea, além disto a parte de uso principal está elevada 1m em um deck feito com aço reciclado e madeira certificada. Os jardins são suspensos também e adotaram o sistema tec garden onde a água de chuva, armazenada entre a manta de borracha e a ardósia, é tranportada por absorção pela fibra de coco.



A praça possui um afiteatro com tratamento acústico e também local de exercícios para a terceira idade. O edifício restaurado abriga um museu e local para leitura com amplo aproveitamento da iluminação natural além de ser mobiliado com poltronas de papelão reciclado. A água do prédio e da chuva é tratada e lançada em um sistema de alagados. Depois de passar por um filtro de cascalhos e plantas aquáticas ela vai para no espelho d'água para ser reutilizada.



link google maps: http://maps.google.com.br/maps?hl=pt-BR&tab=wl
link da web da praça: http://pracavictorcivita.abril.com.br/