woonerfs. quintal vivo



A tradução ao pé da letra seria "quintal vivo", o termo holandês significa: rua preferencial para pedestres e ciclistas. O conceito consiste em projetar uma área urbana com características de via e praça ao mesmo tempo favorecendo a circulação dos pedestres e dificultando a passagem de veículos. A ideia não é impedir a circulação de automóveis mas reduzir a velocidade com instalação de pavimentos que promovam atritos e trajetos sinuosos, além da placa de sinalização. A woonerf, geralmente instalada em áreas residenciais, possui mobiliário urbano e arborização e cria espaços públicos de porte pequeno com características de área de lazer. É importante dizer que a woonerf é legal perante a legislação holandesa onde a preferência é sempre dos pedestres e ciclistas.





Woonerf Design Principles. Following evaluation of the woonerven, the Dutch law was amended (July 1988) to allow greater design flexibility and replaced the design rules with six basic principles.

1. The main function of the woonerf shall be for residential purposes. Thus, roads within the "erf" area may only be geared to traffic terminating or originating from it. The intensity of traffic should not conflict with the character of the woonerf in practical terms: conditions should be optimal for walking, playing, shopping, etc. Motorists are guests. Within woonerven, traffic flows below 100 vehicles per hour should be maintained.

2. To slow traffic, the nature and condition of the roads and road segment must stress the need to drive slowly. Particular speed–reduction features are no longer mandated, so planners can utilize the most effective and appropriate facilities.

3. The entrances and exits of woonerven shall be recognizable as such from their construction. They may be located at an intersection with a major road (preferable) or at least 20 m (60 ft) from such an intersection.

4. The impression shall not be created that the road is divided into a roadway and sidewalk (see figure 20–20). Therefore, there shall be no continuous height differences in the cross–section of a road within a woonerf. Provided this condition is met, a facility for pedestrians may be realized. Thus, space can be designated for pedestrians and a measure of protection offered, for example, by use of bollards or trees.

5. The area of the road surface intended for parking one or more vehicles shall be marked at least at the corners. The marking and the letter "P" shall be clearly distinguishable from the rest of the road surface. In shopping street "erfs" (winkelerven), special loading spaces can be provided, as can short–term parking with time limits.

6. Informational signs may be placed under the international "erf" traffic sign to denote which type of "erf" is present.fonte: http://www.fhwa.dot.gov/publications/research/safety/pedbike/05085/chapt20.cfm

phyto-purification bathroom, biochuveiro







A criação é do designer Jun Yasumoto, o biochuveiro possui um sistema de tratamento da água do banho com plantas. Após o tratamento a água pode ser reutilizada novamente, o processo passa por algumas etapas: 
. Arbustos são plantados na areia, que filtra as partículas maiores;
. As raízes por sua vez – através de suas bactérias – quebram essas partículas para a absorção da planta;
. Uma gramínea é plantada junto aos arbustos que têm a capacidade de filtrar os metais pesados presentes na água;
. Plantas flutuantes sobre a água também filtram possíveis resíduos que ainda possam restar;
. Outras plantas miúdas – também sobre a água – se ligam aos micro-organismos restantes aquáticos e concluem o processo de filtragem;
. Finalmente, um filtro de carbono impede o restante de qualquer partícula ou resíduo sobrevivente.

Using a natural filtering principle called phyto-purification, the bathroom becomes a mini-eco-system by recycling and regenerating the wastewater.The water from the shower and the washbasin is filtered through an organic system before being re-used. Phyto-purification is a natural water-recycling process which is commonly used in ecological purification systems.During its filtering process, the water goes through different steps :
The rushes are planted in sand which filters larger particles. The root system of the rushes contain various bacterias which break down these particles for absorption by the plant.
 The reeds are planted next to the rushes as they have the ability to filter the heavy metals from the water.
The floating water hyacinths draw through their roots some of the water borne particles which are still present in the water.
The lemnas, which are also aquatic plants, bind to the remaining aquatic micro-organisms to complete the filtering process.
Finally, a carbon filter stops the remaining micro-particles.

miniturbina, energia renovável


A miniturbina criada pela empresa Hydrovolts  possui algumas características que são bem interessantes como pequeno porte, fácil instalação, baixa manutenção. A miniturbina foi pensada para ser instalada em rios e quedas de água e são capazes de gerar 0,4 kW com a velocidade da água de 1m/s e 32kW com a velocidade de 4ms.

A turbina Hydrovolts pode ser instalada em regiões da Amazônia por exemplo, onde o acesso a energia é difícil. Outra aplicação é para áreas agrícolas, onde um sistema de bombeamento de água ou irrigação, por exemplo, pode ser alimentado pela turbina.

A eficiência da turbina também depende do formato do local em que ela está inserida. Nos canais mais estreitos é possível atingir até 60% de eficiência, já nos locais muito abertos os números caem para 15 a 30%.






qualiverde, selo de construção sustentável RJ

A prefeitura do Rio de Janeiro com a finalidade de incentivar empreendimentos imobiliários que pratiquem ações de sustentabilidade, lançou a certificação Qualiverde. A mesma já estava sendo discutida há 1 ano e dará descontos em impostos de construtoras, projetistas e usuários no geral que implementarem tecnologias  sustentáveis, ecoeficiência, redução de consumos do edifícios e melhoria do conforto nas edificações já existentes e nas que virão por aí.

Os impostos que terão descontos serão o Imposto Predial e Territorial Urbano ( IPTU), Imposto de Transmissão de Bens Imóveis ( ITBI) e  Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS).

A certificação é baseada em pontos e é preciso atingir um número mínimo de 60 pontos para conseguir os descontos. O que é muito interessante é a abrangência dos descontos, eles atingirão a todos e também será válido para  retrofits.







link: http://www2.rio.rj.gov.br/smu/compur/pdf/proposta_qualiverde.pdf

vaga elétrica


Esta é uma solução otimizada de como gerar energia para o veículo elétrico, os painéis solares ervem como cobertura para a vaga e também para gerar "combustível". Caso não possua o carro elétrico, a enrgia pode ser utilizada para outro fim. este tipo de solução pode ser utilizado em grande escala para áreas industriais e shoppings por exemplo.

fonte da foto: http://www.avivre.net/archi_ecologik/

célula de oxigênio . oxycell



Essa nova tecnologia não utiliza compressores e nem gases, o que permite que o ar de ambientes fechados seja renovado 3 vezes a cada hora, o que melhora a sensação térmica e a qualidade do ar nesses ambientes. Além  de  melhorar  a  qualidade  do  ar  para  as  pessoas,  consome  cerca  de 90% menos de energia em comparação equipamentos convencionais e reduz significativamente as emissões de gases estufa, principalmente quando aplicado em grande escala (hospitais, hotéis, prédios públicos, indústrias, etc.).

O módulo contribui para a renovação de ar e qualidade do ar interno de ambientes fechados em áreas e onde é difícil realizar tomadas de ar externo. A empresa responsável pelo produto é a Oxycom e possui uma série de produtos relacionados a melhoria da qualidade do ar em escala industrial.

porta geradora de energia


Energia cinética vira energia elétrica. Através de uma adaptação no modelo tradicional de porta giratória, isto pode acontecer. A nova porta chamada de Revolution Door pela empresa Fluxxlab é composta por três partes -um núcleo central redesenhado com um sistema mecânico / elétrico que aproveita a energia humana, encaminhando para um dispositivo de saída. Mecanicamente ela recolhe uma pequena quantidade de energia. A nova porta irá interligar a relação metabólica entre pessoas, tecnologia e arquitetura.




bike hanger . bicicletário urbano

A bicicleta está cada vez mais presente no dia a dia das cidades por uma questão de mobilidade, lazer, saúde ou qualquer outra razão. Aos poucos, o número de adeptos cresce e a cidade precisa se adaptar e criar infraestrutura. Além das famosas e polêmicas ciclovias ou ciclofaixas, é preciso se pensar em um local para armazenamento do 'veículo', assim sendo o escritório de arquitetura MANIFESTO foi contratado para projetar bicicletários urbanos de grande capacidade. Vejam abaixo qual foi o resultado:




Foi realizado também um estudo apontando as vantagens do uso da bicicleta e as questões da sustentabilidade urbana. O equipamento proposto não depende de energia elétrica, para girar o eixo é preciso força humana: pedalar. Além disto, foi dada atenção também a escolha dos materiais. Vejam abaixo o projeto detalhado e seu funcionamento:








 fontes: http://www.archdaily.com/125832/bike-hanger-manifesto/http://www.mfarch.com/index.html

the oil silo home

Na mesma linha da reciclagem de containers a proposta de reciclagem de silos de óleo utilizados na indústria de óleo e gás. O projeto é muito bem apresentado e vale apena conferir.