phyto-purification bathroom, biochuveiro







A criação é do designer Jun Yasumoto, o biochuveiro possui um sistema de tratamento da água do banho com plantas. Após o tratamento a água pode ser reutilizada novamente, o processo passa por algumas etapas: 
. Arbustos são plantados na areia, que filtra as partículas maiores;
. As raízes por sua vez – através de suas bactérias – quebram essas partículas para a absorção da planta;
. Uma gramínea é plantada junto aos arbustos que têm a capacidade de filtrar os metais pesados presentes na água;
. Plantas flutuantes sobre a água também filtram possíveis resíduos que ainda possam restar;
. Outras plantas miúdas – também sobre a água – se ligam aos micro-organismos restantes aquáticos e concluem o processo de filtragem;
. Finalmente, um filtro de carbono impede o restante de qualquer partícula ou resíduo sobrevivente.

Using a natural filtering principle called phyto-purification, the bathroom becomes a mini-eco-system by recycling and regenerating the wastewater.The water from the shower and the washbasin is filtered through an organic system before being re-used. Phyto-purification is a natural water-recycling process which is commonly used in ecological purification systems.During its filtering process, the water goes through different steps :
The rushes are planted in sand which filters larger particles. The root system of the rushes contain various bacterias which break down these particles for absorption by the plant.
 The reeds are planted next to the rushes as they have the ability to filter the heavy metals from the water.
The floating water hyacinths draw through their roots some of the water borne particles which are still present in the water.
The lemnas, which are also aquatic plants, bind to the remaining aquatic micro-organisms to complete the filtering process.
Finally, a carbon filter stops the remaining micro-particles.

miniturbina, energia renovável


A miniturbina criada pela empresa Hydrovolts  possui algumas características que são bem interessantes como pequeno porte, fácil instalação, baixa manutenção. A miniturbina foi pensada para ser instalada em rios e quedas de água e são capazes de gerar 0,4 kW com a velocidade da água de 1m/s e 32kW com a velocidade de 4ms.

A turbina Hydrovolts pode ser instalada em regiões da Amazônia por exemplo, onde o acesso a energia é difícil. Outra aplicação é para áreas agrícolas, onde um sistema de bombeamento de água ou irrigação, por exemplo, pode ser alimentado pela turbina.

A eficiência da turbina também depende do formato do local em que ela está inserida. Nos canais mais estreitos é possível atingir até 60% de eficiência, já nos locais muito abertos os números caem para 15 a 30%.






qualiverde, selo de construção sustentável RJ

A prefeitura do Rio de Janeiro com a finalidade de incentivar empreendimentos imobiliários que pratiquem ações de sustentabilidade, lançou a certificação Qualiverde. A mesma já estava sendo discutida há 1 ano e dará descontos em impostos de construtoras, projetistas e usuários no geral que implementarem tecnologias  sustentáveis, ecoeficiência, redução de consumos do edifícios e melhoria do conforto nas edificações já existentes e nas que virão por aí.

Os impostos que terão descontos serão o Imposto Predial e Territorial Urbano ( IPTU), Imposto de Transmissão de Bens Imóveis ( ITBI) e  Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS).

A certificação é baseada em pontos e é preciso atingir um número mínimo de 60 pontos para conseguir os descontos. O que é muito interessante é a abrangência dos descontos, eles atingirão a todos e também será válido para  retrofits.







link: http://www2.rio.rj.gov.br/smu/compur/pdf/proposta_qualiverde.pdf