a cidade de amanhã


Os tês imãs - O povo, para onde ele vai?

Cidade
Fechado para a natureza. Oportunidade social.
Isolamento das multidões. Locais de diversões.
Distância do trabalho. Salários elevados.
Aluguéis e preços altos. Chances de emprego.
Horas excessivas. Exército de desempregados.
Nevoeiros e secas. Drenagem custosa.
Falta de ar. Céu escuro. Ruas bem iluminadas.
Favelas e palácios de gim. Edifícios palacianos.

País
Falta de sociedade. Beleza da natureza.
Mãos sem trabalho. Terra ociosa.
Cuidado com invasores. Madeira, Prado, Floresta.
Horas longas, baixos salários. Ar fresco. Renda baixa.
Falta de drenagem. Abundância de água.
Falta de diversões. Raio de sol brilhante.
Falta de espírito público. Necessidade de reforma.
Conjuntos habitacionais superlotadas Aldeias desertas.

Cidade - País
Beleza da natureza. Oportunidade social.
Campos e parques de fácil acesso.
Rendas baixas, altos salários.
Baixas taxas, muito a fazer.
Preços baixos, sem transpiração.
Campo para a empresa, fluxo de capital.
Ar e água pura, boa drenagem.
Lares e jardins preciosos, sem fumaça, sem favelas.
Liberdade. Co-operação.