mudanças climáticas | planejamento das cidades

A ONU, UNHABITAT, lançou em 2015 um livro que serve como instrumento para planejar estratégias urbanas prevendo as alterações climáticas. O que pode parecer óbvio, porém na maioria das vezes não são levadas em consideração.

A alteração do regime de chuvas e temperatura, por exemplo, podem mudar o abastecimento de água potável, a disponibilidade de energia elétrica, além da necessidade de remoção de moradias irregulares em locais vulneráveis e transformar a economia da cidade como um todo. A ideia do livro é integrar essas estratégias em um prazo factível para minimizar, preparar-se e ou eliminar os riscos e consequências das mudanças climáticas.


Com o planejamento é possível desenvolver soluções específicas para as principais questões  junto aos stakeholders, prever adequada captação de recursos e reduzir as perdas econômicas da cidade, como podemos ver no gráfico acima. O objetivo é desenvolver o potencial adaptativo às mudanças climáticas de acordo com as necessidades locais reduzindo a vulnerabilidade urbana, conforme ilustrado abaixo.

Imagens retiradas do livro Integrating Climate Change Into City Development Strategies (CDS)

studio rural | reciclagem de materiais e projetos para a comunidade

O Studio Rural é um programa construtivo da Universidade de Auburn, realizado fora do campus. Criado em 1993 por D.K. Ruth e Samuel Mockbee, proporciona aos estudantes de arquitetura uma experiência educacional real e ao mesmos tempo  ajuda a população carente na região de Black Belt no Alabama. Em seus primeiros anos, o estúdio se tornou conhecido pelo estabelecimento de princípios de reciclagem, reutilização e restauração. Em 2001, após o falecimento de Samuel Mockbee, Andrew Freear sucedeu-o como diretor. A partir de então, o escopo se expandiu assim como a complexidade de seus projetos.

A filosofia sugere que todos merecem o benefício de um bom design e para cumprir com essa ética, o estúdio evoluiu com mais projetos voltados para a comunidade. Os alunos trabalham dentro da comunidade para definir soluções, captar recursos, design e construir os projetos. O estúdio questiona continuamente o que deve ser construído, ao invés do que pode ser construído, tanto para o desempenho como para a operação dos projetos.

Abaixo podemos conferir alguns dos projetos realizados pelo Studio.




A Capela de Vidro tem múltiplos usos para a comunidade local: parada de transporte, espaço de encontro da comunidade, local para o grupo de coral e centro de distribuição de refeições escolares durante o verão. A construção foi feita com para-brisas e chapas de aço reciclados de um ferro-velho de Chicago e paredes de taipa.




A casa de Carpete é projeto patrocinado pela Interface, maior fabricante do mundo de carpete. Assim sendo, as paredes das casas contém 72.000 placas de carpete reciclados empilhadas. Além do programa padrão, a casa tem um abrigo para tornados no subsolo.




O projeto da Cabana de Escoteiro do Lions Park foi realizado considerando usando uma série de madeiras locais com texturas variadas e estrutura simples fixadas no chão, encima de uma laje de concreto. A cabana inclui um espaço com cozinha, banheiro e área de estacionamento para dois trailers de escoteiros.

fotos | TIMOTHY HURSLEY