infraestrutura verde | exemplo da UE

Mas afinal o que é infraestrutura verde e qual a sua importância? De acordo com Gorm Dige ela é um instrumento que permite obter benefícios ecológicos, econômicos e sociais através de soluções baseadas na natureza, para ajudar a compreender as vantagens que esta oferece à sociedade humana e para mobilizar investimentos que sustentem e valorizem estes benefícios.


É uma rede de zonas naturais e semi-naturais, que incorpora espaços verdes e presta serviços ecossistêmicos, baseados no bem-estar e a qualidade de vida humanos.

As infraestruturas verdes podem ter múltiplas funções e benefícios num mesmo espaço. As funções podem ser ambientais como conservação da biodiversidade ou adaptação às alterações climáticas , sociais como drenagem de água e espaços verdes, e econômicas como criação de emprego e valorização dos imóveis.


O contraste com as soluções baseadas nas infraestruturas "cinzas" que geralmente desempenham uma única função, como a drenagem ou o transporte, torna as infraestruturas verdes apelativas pelo seu potencial para resolver vários problemas ao mesmo tempo. As infraestruturas tradicionais continuam a ser necessárias, mas podem ser complementadas por soluções naturais.

Por exemplo, as infraestruturas verdes podem ser utilizadas para reduzir a quantidade de águas pluviais que entram nas redes de esgotos e, finalmente, nos lagos, rios e ribeirões, graças às capacidades naturais de retenção e absorção que têm a vegetação e os solos. Os benefícios das infraestruturas verdes podem incluir, nesse caso, um maior sequestro de carbono, a melhoria da qualidade do ar, a atenuação do efeito de ilha de calor urbana e a criação de mais espaço para acolher habitats de flora e fauna selvagens e atividades de lazer.


Além dos espaços verdes também enriquecem a paisagem cultural e histórica, conferindo identidade aos lugares e cenários das zonas urbanas e periféricas onde as pessoas vivem e trabalham. Os estudos da UE mostram que as soluções de infraestrutura verde são menos caras do que as de infraestrutura tradicional e proporcionam múltiplos benefícios às economias locais, ao tecido social e ao ambiente em geral.


Gorm Dige é gestor de projetos de análise territorial ambiental, política e económica e relator da diretiva da Ue para infraestrutura verdes.

Abaixo os benefícios da infraestrutura verde.


fonte: