o que é o capital natural ?

O capital natural é um termo para definir o estoque de recursos naturais renováveis ​​e não renováveis ​​(plantas, animais, ar, água, solos, minerais) que se combinam para produzir um fluxo de benefícios para as pessoas.


Os benefícios proporcionados pelo capital natural incluem o ar puro, alimentos, água, energia, abrigo, remédios e as matérias-primas que utilizamos na criação de produtos. Ele também fornece benefícios menos óbvios, tais como defesa contra inundações, regulação do clima, polinização e lazer.

O capital natural é uma das várias outras formas de capital que onde se incluem-se a o financeiro, o industrial, o social, o intelectual, entre outros. Ele dá suporte a todas as outros, fornecendo recursos essenciais e sustenta  sociedades e economias.

Por que precisamos de conservar e reforçar o capital natural?

A crescente necessidade de conservar e promover o capital natural é bem documentada. Sabemos que estamos esgotando os recursos naturais mais rápido do que a Terra pode reabastecer-los, e em ritmo acelerado (WWF 2014). Temos aumentado o capital financeiro, em grande parte através do uso e exploração do capital natural e social.

Todo negócio cria impactos e depende do capital natural em algum grau, além de promover riscos e oportunidades associadas a essas relações. Esses impactos podem ser negativos como a poluição, ou positivo como a melhoria da qualidade da água. Apesar de serem comumente medidos,  muitas empresas não reconhecem suas dependências.


Todos os impactos e dependências criam custos e benefícios não só para o negócio, mas também para a sociedade. Compreender as conexões entre as empresas e  a sociedade, assim como os riscos associados e oportunidades de melhor informar a tomada de decisão, mais oportuna.

Conteúdo retirado da web :